Central de Cervejas (Vialonga, Vila Franca de Xira)

Olhando para a história da Central de Cervejas é fácil perceber a responsabilidade que teve no consumo de cerveja e refrigerantes pelos portugueses nestes últimos 80 anos. Apesar de ser distribuidora de marcas emblemáticas como a Luso, a Orangina, o Joi (lembram-se?), ou a Green Sands, tudo referências que nos fazem percorrer o histórico da nossa memória, é a cerveja Sagres, cuja marca é proprietária, a grande bandeira da empresa. Não é de estranhar que a viagem no tempo que fomos convidados a fazer nesta visita à Fábrica de Vialonga da Central de Cervejas se tenha centrado nesta referência. Uma viagem aos primórdios da história da cerveja em Portugal, passando pela história da Central de Cervejas e terminando nos seus projectos para o futuro.

 

Paula Portugal (relações públicas) e Nuno Pinto de Magalhães (director de comunicação), deram-nos as boas vindas e apresentaram-nos a empresa.

 

Outra presença ao longo da nossa visita foi a da mestre cervejeira, Maria José Sousa, aqui a explicar-nos os métodos de produção das cervejas produzidas pela empresa.

 

 

 

 

 

 

A Sagres em 1955.

 

 

 

 

 

Ao longo da visita foram uma constante as intervenções de Nuno Pinto de Magalhães para nos pôr a par do legado histórico da empresa. Aqui, a evolução da marca.

 

Apesar da marca Sagres estar muito associada ao futebol, só o Manto Sagrado (e a camisola da selecção) tem lugar no museu da marca. Um lugar de extremo bom gosto, como se pode ver pela imagem.

 

A fábrica Germânia, antes de se passar a chamar Portugália. Sim, essa, a da Avenida Almirante Reis.

 

No museu é possível ver, para além dos muitos objectos relacionados com a história da Sagres, rótulos, cartazes, garrafas, etc, um filme onde passam todos os comerciais já transmitidos na televisão. Uma delícia.

 

 

 

 

Para o final estava guardada a prova das várias referências de cerveja da empresa,  para depois se passar a um momento de descontracção onde pelo meio da amena cavaqueira os visitantes iam mostrando os seus dotes a tirar imperiais.

Foi uma visita que gostei muito, a um lugar mítico, que nos habituámos a ver quando passamos pela auto-estrada, mas que nunca tinha visitado. Uma excelente oportunidade para se entender a história da bebida em Portugal e da importância de uma marca que atravessa gerações.
As visitas são públicas pelo que fica o convite para passarem por lá. Vão gostar.

SCC – Sociedade Central de Cervejas e Bebidas S.A.
Estrada da Alfarrobeira – 2625-244 Vialonga
Tel: 808 204 771
Email: [email protected]
Visitas: De Seg a Sex, entre as 9:30 e as 10:30 e as 14:00 e as 15:00

2 Comments

  • Sagres diz:

    Caro Jorge, agradecemos imenso esta interessante reportagem sobre a experiência da sua visita às instalações da nossa fábrica em Vialonga. Foi um prazer para todos nós recebê-los e deixamos desde já a porta aberta para regressar quando e com quem desejar. Cumprimentos da equipa de Relações Institucionais e um abraço pessoal.
    Luis Cardoso, New Media Manager

  • Valdemar Cabral Teixeira diz:

    Estou neste momento desempregado. Estou a procura de trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *