Padaria da Esquina (Lisboa)

Abriu finalmente a muito aguardada e há muito anunciada, Padaria da Esquina, onde Vitor Sobral, em parceria com Mário Rolando, apresenta a sua primeira loja em Portugal dedicada ao pão.

Um destes sábados de manhã de Agosto, passei por lá a conhecer o espaço e o tão propalado pão…

Espaço arejado, com grandes janelas abertas para a rua  e uma decoração bonita, com uma boa escolha de materiais a criar um ambiente que faz lembrar a Padaria Portuguesa.

O atendimento foi genuinamente simpático, com a Sra que nos atendeu a explicar com entusiasmo os diferentes pães disponíveis.

Nesta primeira incursão acabámos por optar pelo pão alentejano, que não está na foto, e pelo pão escuro de sementes (o primeiro da esquerda). O interesse do público por estes pães com fermentações mais lentas e de cereais seleccionados é crescente e é de saudar a aposta no seu fabrico e a democratização da sua oferta. Ambos os pães aguentaram dois dias sem problemas, no terceiro dia o alentejano mostrou-se seco e sem graça. O de sementes não durou tanto para contar a história. Gostei de ambos, apesar de esperar uma massa mais elástica e com aquele travo azedo mais pronunciado. Voltarei para provar outros.

A oferta da Padaria da Esquina vai além do pão e da pastelaria e ao fundo da loja existe uma pequena secção de produtos seleccionados, com vinhos, cervejas, queijos, conservas, etc…

A visita terminou à mesa, com um café e um bolo de arroz, que era tão bom, leve e fofo (apesar de bem doce), que trouxemos outro para casa. Engraçado o pormenor das caras dos “artistas” nos guardanapos. Para primeira visita não esteve mal, por isso recomendo e conto voltar.

Padaria da Esquina
Rua Coelho da Rocha 108, Campo de Ourique, Lisboa
Tel : 910 025 528
Email : [email protected]
Aberto das 08:00 às 20:00. Domingos das 09:00 às 16:00. Fecha às Segundas.

2 Comments

  • Maria diz:

    Já foi a gleba? Consegue comparar? Era engraçado um ranking do melhor pão que se faz em lisboa!

    • Jorge Nunes diz:

      Boa tarde Maria,

      Sim, conheço a Gleba e inclusivé já escrevi aqui sobre ela.
      Fazer esse tipo de comparações é sempre muito subjectivo pois depende muito do gosto de cada um.
      Posso dizer-lhe que para o meu gosto e do que conheço nada bate o pão de trigo barbela da Gleba 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *