Quinta da Falorca Espumante Bruto Rosé 2015

A Quinta da Falorca será, porventura, o produtor de vinho mais subestimado do nosso país.

Apesar de boa imprensa, essencialmente estrangeira, são vinhos que acabam por passar sem a atenção devida junto dos apreciadores portugueses. Provenientes do Dão, sub-região de Silgueiros, são vinhos estruturados, com corpo, onde a fruta é presença habitual, características muito bem compensadas por uma forte presença vegetal e pela frescura que é conferida pela acidez característica da região. Ainda recentemente, numa prova cega de tintos de 2007, vi um Falorca Garrafeira brilhar ao nivel mais alto dos tintos portugueses.

O produtor lançou-se agora no mundo dos espumantes com este Bruto Rosé de 2015. Numa garrafa muito bonita, de vidro branco, a deixar brilhar a cor do vinho, é uma produção limitada a menos de 2000 garrafas. 100% Touriga Nacional, para um vinho espumante cheio de garra e carácter. De bolha muito fina, elegante e fresco, com as notas de fruta vermelha a surgirem contidas e bem enquadradas na estrutura e acidez do vinho. Não é um espumante extremamente seco, nem de grande complexidade, antes fresco, de muito ligeira doçura, que se sente mais no ataque de boca, mas tão bem equilibrado que tudo faz sentido neste conjunto. É um vinho polivalente, que pode ser bebido a solo, mas que também facilmente pode ir à mesa a acompanhar saladas e pratos leves, de preferência sem grandes condimentos.

Gostei francamente. Não sendo barato é um vinho que merece ser conhecido, nem que seja para aquelas ocasiões especiais onde gostamos de abrir algo à altura do momento. Estreia auspiciosa.

Quinta da Falorca Espumante Bruto 2015
Produzido por QVE – Sociedade Agrícola de Silgueiros.
Enologia de Carlos Figueiredo e Pedro Figueiredo.
100% Touriga Nacional.
9 meses de estágio.
12,5º de volume de álcool
Cerca de 16€ em garrafeiras especializadas.
16,5 pontos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *