Taberna do Adro (Vila Fernando – Elvas)

Este foi provavelmente o local mais típico e castiço onde já tive o prazer de apreciar uma refeição. No adro da igreja de Vila Fernando, há uma típica casinha caiada, como tantas por esse Alentejo. Lá dentro temos a sensação de ter sido convidados por alguém para jantar na sua sala. Uma sala castiça, cheia de pratos artesanais da região, entre outros motivos do género. Aqui cheira a Alentejo.

Para comer, da gastronomia alentejana mais genuína que já me passou pelo estreito, uma viagem pela tradição e pela história da cozinha alentejana. O pão alentejano, que nos chega nos tradicionais talegos. Os pezinhos de porco de coentrada, aqui a fugirem à receita tradicional, já desossados, num ponto de cozedura perfeitos, com uma coentrada exemplar, um hino ao Alentejo  Depois a Cabeça de Xara. Prato único, cheio de sabor, a cozinha alentejana levada ao extremo. Ainda há uns enchidos de porco preto produzidos localmente, entre os quais tenho de destacar o paio entremeado do lombo, feito da carne do cachaço, por isso com maior teor de gordura… e de sabor. Sublime.

Mas a Dona Maria e o Sr Luís, têm muitas mais coisas boas para provar, muitos petiscos para partilhar. Os espargos com ovos,  a galinha tostada, a farinheira fina (tipo linguiça) assada, as tibornas, a carne do alguidar, uma lista interminável, meu deus tanto pecado.

 Nos vinhos a carta não sendo muito extensa, tem uma oferta considerável, exclusivamente da região, e onde imperam os tintos. Os preços podiam ser mais cordatos.

 As visitas que fiz a este restaurante foram entre 2005 e 2009, depois disso, com muita pena, ainda lá não voltei, pelo que pode haver informação que não esteja actualizada. Pelo que conheço da casa as coisas não devem ter mudado muito.

No final, quando pedimos a conta, somos presenteados com mais uma pérola.

Taberna do Adro
Largo João Dias de Deus 1
7350-511 VILA FERNANDO – ELVAS
Telefone 268661194
Preço médio, 15€ sem vinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *