95 Anos de História das Caves São João

20151111_120946

As Caves São João registam mais um ano rumo ao seu centenário, a acontecer em 2020, com o lançamento de um novo vinho comemorativo dessa data. O “95 Anos de História” foi apresentado na Quinta do Poço do Lobo e é produzido com as uvas de Arinto desta propriedade.

20151111_133338

Célia Alves, gestora das Caves São João.

Em 2020 as Caves São João atingem os 100 anos de vida, mas desde 2010 que estão a antecipar esse acontecimento, em jeito de contagem decrescente, com a edição de dez vinhos especiais, um por cada ano que antecede a data. Cada um destes vinhos tem uma década como tema, inspirado em episódios marcantes da humanidade nos últimos cem anos. Este ano, o 95 Anos de História ilustra a década de 70 e tem como tema a liberdade. A liberdade que as Caves São João passaram a ter nesta década, com a aquisição da Quinta do Poço do Lobo, de produzir os seus próprios vinhos, descobrindo outros caminhos com novas castas e novos métodos.

20151111_124542

Próximo de Cantanhede, em plena região demarcada da Bairrada, a Quinta do Poço do Lobo é um lugar que habitualmente não é aberto ao público, mas que desta vez teve as honras de receber a apresentação de mais um vinho do centenário. Propriedade de Manuel Evaristo Pessoa, reconhecido benemérito da Vila da Pocariça, a Quinta do Poço do Lobo foi adquirida em 1971 pelas Caves São João aos seus netos, que a tinham recebido por testamento. Os seus 37 hectares estão preenchidos por 25 hectares de vinha, onde se destacam as castas Arinto, Chardonnay, Sémillon, Cabernet Sauvignon, Baga, Touriga Nacional, Merlot e Syrah. Previstas estão as plantações de mais Baga e de Pinot Noir. Constam também nos planos da empresa criar infra-estruturas que dinamizem o enoturismo da propriedade, permitindo dessa forma o acolhimento de visitantes.

20151111_122820

Chegámos na altura da vindima tardia. E fomos convidados pelo Engenheiro Selas, responsável de viticultura da Quinta do Poço do Lobo, a entrar pela vinha de meio hectare de Sémillon e constatar no local o estado de podridão das vinhas. As perspectivas para esta colheita chegam com algumas reservas pois este Verão de São Martinho tem trazido alguma desidratação exagerada aos cachos, o que obriga a uma vindima muito minuciosa, quase bago a bago, que permita avaliar com mais precisão o estado da botrytis.

20151111_124437

Depois chegou a altura de conhecermos o motivo principal da nossa visita, o novo vinho do centenário, o 95 Anos de História. Um vinho branco integral, sem filtração e sem adição de produtos enológicos, onde se tentou reduzir ao máximo a intervenção na adega. 100% Arinto, com uvas provenientes das melhores parcelas da Quinta do Poço do Lobo. Fermentado e estagiado, durante 9 meses, em barricas novas de carvalho, mostra um aspecto turvo e alguma contenção no estilo. Aromas cítricos e algum ananás bem enquadrados por elegantes notas de madeira. O vinho está jovem, mas mostra boa profundidade e estrutura, com uma boca elegante e persistente, onde a acidez afirmativa marca a sua posição. Impressiona acima de tudo pelo equilibro que denota numa fase tão jovem da sua vida, com a madeira em perfeita harmonia com a fruta e a não incomodar nada a prova. Como é apanágio dos vinhos das Caves de São João, perspectiva-se uma longa e bonita vida para este branco. A edição é limitada e cada garrafa terá um preço de venda ao público de 30€.

20151111_133706

A equipa das Caves São João. Eng. Selas, responsável de viticultura, Fátima Flores, proprietária e gerente, Eng. Carvalheira, enólogo, Célia Alves, gerente, e Manuel José Costa, proprietário e gerente.

20151111_141747

Seguiu-se um almoço no Rei dos Leitões, onde se harmonizou com vários vinhos do universo das Caves São João o menu desenhado pelo chefe de cozinha do restaurante.

20151111_141713

Antes dos pratos, o pão e o azeite da Quinta do Poço do Lobo (variedade Galega, proveniente das oliveiras da quinta).

20151111_143646

20151111_143756

O Creme de Castanhas, Perdiz, Cenoura, Trufa Preta e Tomilho harmonizou com o Espumante Quinta do Poço do Lobo Reserva Rosé Baga & Pinot Noir 2014.

20151111_150105

O Lombo de Bacalhau confitado em Azeite Quinta do Poço do Lobo, estufado de Grão de Bico e Farofa de Azeitona brilhou na companhia do 95 Anos de História Caves São João – Vinho Branco Integral Arinto 2014.

20151111_153219

O Folhado de Pato, Alho Francês, Cogumelos Shitake e emulsão de Tomate chegou com o Bom Caminho Tinto 2011.

20151111_153133

O Bom Caminho Tinto 2011 é outra novidade das Caves São João. Nasce na inspiração do Caminho de Santiago que curiosamente tem um dos principais itinerários portugueses a passar à porta da sua propriedade. A ideia foi criar um vinho consensual, que agrade a qualquer pessoa, principalmente aos peregrinos que queiram retemperar forças nas Caves São João na companhia de um copo deste Bom Caminho. O selo que ostenta no rótulo será o mesmo que será colocado nos passaportes dos peregrinos a atestar a sua passagem pelas Caves São João. Baga, Merlot e Touriga Nacional, sem qualquer passagem por madeira. Fruta preta, notas florais, boca gulosa, com boa acidez, num conjunto de estilo acessível mas sem deixar de respeitar a região. Este mês é vendido com a Revista de Vinhos por mais 6€.

20151111_154821

E como estamos na Bairrada, quebrou-se o protocolo. O leitão assado não fazia parte do menu mas depois de tanto choro o chefe lá desenhou uma pré-sobremesa de improviso.

20151111_162530

Pastel de Nata à Rei dos Leitões, sobre massa filo, gelado de noz, canela e hortelã…

20151111_163533

…Acompanhou com o Apartado 1, o vinho da colheita tardia de 2012. Carregado na cor, quase laranja, favos de mel, citrinos, complexidade, volume de boca e bom equilíbrio entre acidez e açucar. Bela surpresa de um vinho que nunca tinha provado.

20151111_233106

Qualquer pessoa que goste de vinho só pode ficar feliz com este reaparecimento das Caves São João na linha da frente das preferências dos consumidores. A mesma felicidade que encontramos ao abrir uma das suas colheitas antigas, que o tempo se encarregou de moldar e de nos trazer até aos dias de hoje. A mesma que tive, por mera coincidência, no final deste dia, de partilhar com alguns amigos uma prova de algumas colheitas dos anos 90 da Quinta do Poço do Lobo. Aguardemos tranquilamente pelos 96 Anos, até lá há muita história das Caves São João para ir bebendo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *