António Madeira Branco 2014

O passado e o futuro.

De um lado a maturidade e serenidade de um vinho a caminho dos 50 anos de idade, cheio de saúde, que ainda dá imenso prazer a beber. Um exemplo fiel da capacidade que a região do Dão sempre teve para produzir vinhos de grande guarda.
Do outro, um novato, irreverente, ainda a dar os primeiros passos de vida, de um, também ele novato e irreverente, produtor que começa aos poucos a assumir-se como um dos mais diferenciadores e importantes da região. Sobre este branco de 2014 não queria, para já, tendo em conta a sua juventude, alongar-me muito. O vinho está fiel aos brancos do produtor, sério, fresco, com boas sensações minerais, mas parece-me que necessita de tempo para a boca ganhar dimensão e complexidade. É voltar a ele, para o tira-teimas, daqui a um ou dois anos. Enquanto isso beba-se o 2013, que para o meu gosto encontra-se para já uns furos acima.

 

António Madeira Branco 2014
Produzido por António Madeira no Dão serrano.
Enologia de António Madeira e Luís Lopes
Vinhas Velhas entre os 50 e 120 anos com várias castas misturadas.
Sem estágio em barrica
12º de volume de álcool
Cerca de 18,50€ em garrafeiras especializadas.
17 pontos

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *