Inquérito – Hábitos de Consumo de Vinho em Portugal Durante o Confinamento

Há cerca de um mês atrás, em plena fase de confinamento obrigatório a que todos ficámos obrigados devido à pandemia de Covid 19, falei aqui sobre a alteração de hábitos e rotinas na hora de ir às compras adquirir os nossos bens essenciais. Nessa mesma altura também me questionei como isso iria alterar os nossos hábitos no consumo de vinho e que seria também um tema interessante de observar e abordar.

Parece-me ser um lugar comum neste momento afirmar que o confinamento alterou os nossos hábitos de consumo e que as compras online ganharam um grande protagonismo mas, terminado o confinamento e com o regresso à vida normal (ao novo normal, entenda-se), esses hábitos vão manter-se ou os portugueses ainda são conservadores o suficiente para voltarem à fórmula inicial assim que conseguirem?

O sector do vinho acompanhou obviamente esta tendência e com o comércio tradicional e restauração fechados apostou todas as fichas na promoção e no comércio online. Com os consumidores fechados em casa e com demasiado tempo livre as marcas apressaram-se a criar conteúdos para as plataformas digitais e rapidamente tiveram de se adaptar a esta nova realidade. O Instagram e o Facebook inundaram-se de provas, apresentações, vídeo conferências, onde muitas das vezes foram os próprios enólogos a ser chamados para fazer esta aproximação aos consumidores.

E como terão reagido os consumidores a esta nova realidade? Fidelizaram-se através deste novo posicionamento das marcas? E em relação ao consumo, com uma grande fatia da população confinada nas suas casas, a fazer todas as refeições nas mesmas, aumentou a disponibilidade para beber vinho? E como o compraram, mantiveram os canais tradicionais ou aderiram às vendas online? Pela curiosidade de saber o que mudou ou o que poderá ficar na mesma, criei este pequeno inquérito sobre os nossos hábitos de consumo de vinho durante o confinamento para percebermos de facto como as coisas estão a acontecer. Se poderem responder e partilhar com os vossos amigos consumidores de vinho ficaria muito agradecido. Prometo voltar ao assunto para apresentar os resultados e deixar algumas ilações sobre os mesmos.

Para mais fácil acesso deixo também aqui a ligação para o referido Inquérito sobre os Hábitos de Consumo de Vinho em Portugal Durante o Confinamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *