Quinta de Saes Rosé Baga Pinot Noir 2016

Não sou fan de rosés, aviso já a navegação.
Desculpem-me os grandes apreciadores, mas não sou.
Continuo a tentar descobrir o que um rosé acrescenta a um bom branco ou tinto e ainda não perdi a esperança.

Tenham por isso em especial consideração um vinho rosé que eu digo que é muito bom, como é o caso desta beldade da foto.
Vou poupar-vos a descritores. Só levanto o véu que é seco, fresco e, ao mesmo tempo tem um volume e profundidade que nos vicia de imediato.
Coloco-o no restrito grupo dos grandes vinhos rosés portugueses e olhem que é um grupo bem diminuto, que se conta com facilidade com os dedos de uma mão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *