Terroir Wine Shop & Kitchen (Lagoa, Algarve)

Por entre confirmações e desilusões, este Terroir foi a maior revelação das ultimas férias algarvias no que toca a restauração. Um local que deveria estar na agenda de todos aqueles que são aficionados pelo vinho e que estranhamente nunca vi referenciado na muita imprensa especializada que consumo.

Na rua mais movimentada da pitoresca Vila do Carvoeiro, em Lagoa, localiza-se a loja de vinhos com cozinha, como os próprios a definem, Terroir Wine Shop & Kitchen. Com uma decoração bonita e acolhedora, onde a madeira é o elemento principal, destaca-se o grande mostrador de vinhos que ocupa um dos lados da sala de refeições, onde se encontram expostos, com preço, os muitos vinhos à disposição do cliente.

20160909_194330

Bonito e acolhedor, com um ambiente informal mas elegante, este wine bar, se assim se pode chamar, prima pela excelência do serviço de vinhos.

20160909_200453

A ideia era beber um copo e picar qualquer coisa antes de jantar, mas a simpatia do serviço e a qualidade do que ia chegando à mesa acabou por prolongar a visita.

Desde o primeiro momento que somos brindados por um serviço simpático e profissional, que depois de saber que somos novos clientes, nos coloca a par do conceito. Sumariamente estamos numa loja de vinhos, onde estes estão expostos com os preços bem visíveis, num grande mostrador que ocupa uma das paredes da sala de refeições e caso queiramos consumi-los no restaurante, aos preços revelados, acresce uma taxa de serviço no valor de 10€. O que não sendo barato justifica-se plenamente pela qualidade do serviço (já lá chegamos).

Se pretendermos transformar a nossa visita numa refeição, é aqui que entra a parte da “kitchen”, com uma carta de petiscos que pode ser consultada nos individuais de papel que cobrem as mesas.

20160909_195630

Bom pão, bom azeite e boa flor-de-sal.

20160909_200437

Lulinhas Fritas. Muitos boas. Tenras mas firmes, muito saborosas, com um guloso molho de manteiga, coentros, alho e limão. Muito bom. Acompanhou o Fossil Branco 2013 (3,50€/copo), um vinho da região de Torres Vedras, de produção biológica, fresco e persistente, que lidou bem com a gordura do prato.

20160909_202718

De seguida queria provar um tinto e a escolha recaiu no Alentejo. Num vinho produzido pelo Chef de cozinha Vítor Claro na Serra de São Mamede, o Dominó Salão Frio 2012. Perguntei se tinham a copo e prontamente chegou a garrafa à mesa, ligeiramente refrigerada, para ser aberta à minha frente e o vinho dado a provar (8€). Um luxo de vinho, leve, de boa acidez, tremedamente mineral, daqueles que apetece sempre beber mais um pouco. Não fosse o jantar que já estava programado noutro local, por mim já não saía dali.

20160909_202128

Para acarinhar o Salão Frio, chegaram umas Bochechas Estufadas, de comer à colher, com um molho lustroso, de travo fresco (hortelã?), muito saboroso. Acompanha com batatas com alecrim e oregãos. Com casca, aos gomos, fritas em azeite e terminadas no forno. Uma gulodice pegada. Muito boas.

20160909_204921

A esta altura já estávamos por tudo e mesmo com a hora do jantar a aproximar-se não quisemos ir embora sem provar o Bolo Real. Amêndoa com canela, fios de ovos e limão. De textura húmida e sabor bem doce, calórico mas muito saboroso, uma sobremesa que grita por um bom moscatel, que também os há a copo. Mas isso já era abusar da sorte. Mais tarde viemos a saber que o bolo não é produzido na casa, vem da Casa da Isabel, uma casa de doces tradicionais no centro de Portimão, já referenciada por aqui na publicação Comer no Algarve.

Quem gosta de vinho tem de ficar contente com este tipo de oferta, de qualidade mas sem preços especulativos, ainda para mais numa região com longo histórico de lugares para caçar incautos turistas. O serviço de vinhos impressiona, algo apenas possível quando se dedica grande paixão ao que se faz. As temperaturas são irrepreensíveis, os copos excelentes, o vinho a copo, para além da vasta oferta, é dado a provar (ambas as vezes as garrafas foram abertas na mesa) e ao contrário de muitos outros lugares que utilizam este argumento para especular os preços, os valores pedidos são bem realistas. Há vinho a copo a partir dos 3€ e garrafas, já com a taxa de rolha, na casa dos 15€. Lembro que é Verão e estamos no Algarve.

Quanto ao que chegou da cozinha, apesar da amostra provada ter sido curta e por isso não ser possível tecer grandes considerações, estava tudo impecável, muito bem confeccionado e saboroso. As porções não são grandes, pelo que se forem de grandes comezainas a conta pode disparar.

No geral, uma excelente opção para beber bom vinho na região do Algarve. Além da oferta, nada óbvia e de grande qualidade (faz todo o sentido o termo Terroir no nome), a simpatia e o profissionalismo com que somos tratados é um garante de sucesso. Vida longa para projectos como este é o que desejo.

Terroir Wine Shop & Kitchen
Estrada do Farol 101 e 103, Carvoeiro, Lagoa
Tel: 915 787 401
Todos os dias das 17:00 às 00:00. Fecha aos Domingos.
Copo de vinho a partir dos 3€.
Garrafa (com taxa de rolha de 10€) a partir dos 15€.
Refeição ligeira sem vinho a partir dos 15€.

4 Comments

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *